COMPARTILHAR

Composto de articulação

  1. AROEIRA (Schinus terebinthifolius)

Planta originária da Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Regiões Sudeste e Sul do Brasil, também conhecida como Aroeira Brasileira, Aroeira Vermelha, Aroeira Mansa, Fruto-de-Sabiá, Aroeira-Pimenteira, etc.

É largamente utilizada no paisagismo e como cerca-viva. Seu fruto é a Pimenta-Rosa, popular na França, onde é utilizada como ornamentação e tempero na culinária.

Seu chá tem propriedades anti-inflamatórias, indicado para casos de tratamento de reumatismo, ajuda no tratamento da gota, para quem sofre de dores ciáticas.

Em outros tempos, a aroeira foi utilizada pelos jesuítas que, com sua resina, preparavam o ” Bálsamo das Missões “, famoso no Brasil e no exterior.

  1. GARRA-DO-DIABO (Harpagophytum procumbens)

Planta nativa da África do Sul e Namíbia até às savanas e o Kalahari, tradicionalmente usada entre outras coisas para doenças reumáticas e artríticas.

Utilizam-se as raízes secundárias secas que tem propriedades: antirreumática, anti-artrítica e anti-inflamatória, atuando também nas periartrites, dores articulares, reumatismo, artrite, gota, dores da artrite reumatoide juvenil, febre reumática, dores nas cartilagens de conjugação, na osteoartrite, fibromialgia e dores nas costas.

Talvez o melhor remédio natural para dores nas articulações e nos músculos, seu princípio ativo alivia a dor e a inflamação artríticas, abrandando ou impedindo o agravamento dos sintomas nos joelhos, quadril e costas.

Na forma de emplasto ajuda a aliviar dores e rigidez provocadas por artrose no quadril, nos joelhos e na coluna vertebral; a decocção de suas raízes são aplicadas contra as dores reumáticas.

  1. UNHA-DE-GATO (Uncaria tomentosa)

Trepadeira nativa das florestas tropicais da América Central e América do Sul, principalmente na floresta amazônica. No Peru, o seu uso é documentado desde os tempos da civilização Inca.

Trata-se de uma trepadeira lenhosa, que cresce até aproximadamente 30 metros de altura, utilizando seus espinhos curvados, com aparência similar às unhas dos gatos, para se apoiar e subir através de árvores mais altas.

A Unha-de-Gato (Uncaria tomentosa) é uma planta medicinal também conhecida como Garra-de-Gato. A Unha-de-Gato de nome popular inclui a espécie Uncaria guianensis.

É importante não confundir com outras plantas também conhecidas como unha de gato, a Ficus pumila e a Acacia plumosa.

Suas propriedades medicinais analgesia e antiinflamatória atuam satisfatoriamente nas inflamações das articulações como artrite reumatóide, reumatismo, bursite e osteoartrite.

O Journal of Rheumatology, em 2002, publicou uma pesquisa que durou 24 semanas, onde utilizou-se o extrato de Unha-de-Gato para o tratamento da artrite. Quarenta pacientes com artrite reumatoide que utilizaram o suplemento tiveram redução das dores no corpo e do inchaço nos joelhos, percentual 50% maior quando comparado ao grupo placebo.