Jesus citou um senhor que ao sair para viajar chamou seus servos, apenas três. Para um deles, deu três talentos. Para outro, dois talentos. E ao terceiro, deu apenas um talento.

Ao retornar de sua viagem, seus servos foram até ele para prestar contas. Aquele que recebeu três talentos, entregou seis e disse:

– Me confiastes esses três talentos. Usei, multipliquei e lhe entrego os três e mais três.

O seu senhor disse:

– Ficais ao meu lado, pois se é digno do pouco, terás mais.

Na sequência, veio o segundo para prestar conta dos dois talentos que lhe foi confiado. Assim, o mesmo o fez.

– Recebi dois e lhe entrego quatro talentos, pois multipliquei a confiança que me destes.

Então, veio o terceiro servo com muita preocupação, pois sabia que o senhor o iria cobrar e disse:

– Mestre, sabendo que és rígido peguei o seu talento e o escondi para que ninguém o roubasse. Estais aqui o que me confiastes.

E o senhor disse:

– Servo mal e infiel! Confiei os meus talentos a ti e deixastes parado, pois até mesmo o pouco que te tem vos será tirado e dado a quem mais tem!

Essa é uma história que nos desperta para todos os nossos talentos, pois todos temos. Muitos escondem os talentos que Deus nos deu e não os multiplica, não quer estudar, não quer aprender e nem realizar. É esse talento que trabalhamos nessa casa para despertar em você, pois a solução do teu problema está dentro de você mesmo em suas atitudes, em sua forma de pensar e na sua forma de realizar!

Mensagem psicofonada pelo Cigano Espiritual Juan Dominguez

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe seu comentário.
Por favor, coloque seu nome aqui