Nome científico: “Petroselinum crispim”

Origem: Região Mediterrânea Central, naturalizada em toda Europa.

Termo: Salsa, salsinha ou perecia.

Hortaliça: É uma erva muito aromática usada para temperos, e também uma erva medicinal usada para chás e sucos. Sua coloração é de um verde escuro e com aspecto rendado. Seu cultivo é o ano todo em todas as regiões do Brasil.

Propriedades: Todas as espécies são ricas em ferro, ácido fólico e vitaminas C, B6 e E12. Sendo que o chá de salsinha emagrece e contém propriedades diuréticas. A salsinha é muito usada na culinária brasileira e internacional.

Benefícios:

A salsinha traz muitas vantagens e benefícios, pois ela é rica em vitaminas, ferro, ajudando a saúde. Ela mantém a pele saudável. Ameniza o mau hálito. Ajuda na dieta.  Fortalece os ossos. Tem o poder anti-inflamatório. Previne o câncer, anemia. Previne o combate pedras nos rins. Previne e alivia infecções na bexiga. É antioxidante e rica em ácido fólico. Limpa o sangue. Alivia a tosse. Contribui com o sistema cardiovascular. Pode ajudar na desintoxicação e reforça o sistema imunológico.

Curiosidades:

  • COENTRO e SALSINHA juntos ajuda a prevenir o Câncer.
  • CHÁ: deve ser consumido fresco e não tomar à noite.
  • CONTRAINDICAÇÕES:

– Mulheres grávidas

– Pessoas alérgicas

– Óleo essencial para pessoas sensíveis

 

Na cozinha brasileira:

Chás, sucos, saladas, refogados, assados, cremes, maioneses e em tantos pratos que a imaginação assim fizer.

 

 

Receita

Ingrediente:

– 1/2 xícara (chá) de água;

– 4 colheres (sopa) de azeite;

– 1 pitada de sal;

– Talos de 1 maço de salsinha;

– 3 pães de forma ou 1/2 pão francês.

Modo de Preparo:

Misture os quatro ingredientes.

Pique os pães bem miudinhos e mergulhe no molho.

Deixe descansar para absorver bem o líquido por alguns minutos.

Pique os talos e junte no copo do liquidificador e bata bem.

Coloque em uma vasilha de vidro, e leve para gelar.

Sirva com carnes, peixes ou a seu gosto.

*Obs: Esta é uma forma de reaproveitar alimentos, talos e pães

 

– Por Márcia de Lourdes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe seu comentário.
Por favor, coloque seu nome aqui